Na internet não é difícil encontrar diversas receitas de dietas desintoxicantes. Mas segundo nutricionistas, elas são contra indicadas em qualquer ocasião. “A dieta desintoxicante se refere a alimentos naturais e saudáveis, porém a alimentação é restritiva, o que pode levar a deficiência de muitos nutrientes. O risco de ocorrer uma desidratação e diarreia é grande, principalmente pelo fato de deletar muitos minerais importantes para o organismo”, revela a nutricionista Marina Citton, do Hospital Professor Edmundo Vasconcelos.

O nutricionista Luís Ricardo de S. Alves também é contra esse tipo de dieta. “Ingerindo poucas calorias, mesmo que seja de alimentos saudáveis, o corpo passará a gastar pouca caloria, diminuindo o seu metabolismo e ajudando o acúmulo de gordura no corpo. Aparentemente esse tipo de dieta tem eficácia, mas não se engane. As pessoas perdem peso com essa dieta, mas não gordura.”

O nutricionista aponta os males que dietas desintoxicantes podem fazer:

– Diminuição drástica da massa muscular;

– Diminuição do sistema imunológico e consequentemente facilidade para contrair doenças;

– Fraqueza e desânimo para a atividade física;

– Mau humor;

– Mau hálito caso a pessoa ingira comida apenas 2 ou 3 vezes por dia;

– Intestino preso, se a dieta for apenas líquida.

“Mesmo em casos de inicio da reeducação alimentar ou dieta não indico este tipo de alimentação”, diz a nutricionista Marina. Para ela, o correto é consumir alimentos como frutas, verduras, alimentos não-industrializados, utilizar pouco sal, frituras e doces. Preferir o óleo de canola, girassol e azeite extra-virgem, além de incluir na alimentação as frutas oleaginosas e peixes.

Ela afirma ainda que quando a pessoa faz uma alimentação adequada, o corpo não sofre tanto se ela exagerar em festas e viagens. “Ao retornar à rotina do dia a dia, deve-se reiniciar a alimentação saudável, comer fibras, tomar muita água e priorizar a atividade física. O próprio organismo se encarrega de eliminar as toxinas e colocar as calorias e exageros para fora do corpo”, conclui.

Sem mais artigos