(Da redação) – Depois de 22 anos, oito valiosas pinturas foram recuperadas pela polícia holandesa. Elas haviam sido roubadas em 1987, da galeria Noortman, na cidade de Maastricht, e estão danificadas porque foram dobradas, segundo autoridades holandesas. Um perito irá examinar as obras para saber o grau dos danos.

Entre as pinturas estão trabalhos de Renoir e Pissarro, e estavam separados em dois lotes. Seis delas foram encontradas na cidade de Valkenburg, e duas no vilarejo de Walem, onde mora um dos suspeitos pelo roubo. Três pessoas foram detidas e serão apresentadas a uma corte judicial, mas suas identidades não foram reveladas.

A Procuradoria Geral da Holanda disse apenas que se tratam de um alemão de 45 anos, que vive em Dubai, sua mãe, que tem 62 anos, e um homem de 66 anos. Os três foram descobertos depois de tentar vender as obras a uma companhia de seguros, por 2,3 milhões de euros.

Novo discador V2. Navegue pela Internet e ganhe grana!

Baixa Hits. A mais completa loja de Música digital da Internet está a um clique daqui!

Sem mais artigos