A Organização Mundial da Saúde (OMS) atualizou nesta manhã de sexta-feira o número de casos confirmados de pessoas infectadas pelo vírus da gripe suína. São 331 doentes em 11 países.


 


O México tem 156 casos humanos da infecção, enquanto as autoridades dos Estados Unidos informaram 109 casos confirmados em laboratório.


 


A presença da gripe suína também foi confirmada no Canadá, com 34 pessoas doentes; na Espanha, com 13; no Reino Unido, com oito; na Alemanha e Nova Zelândia, com três, cada um; em Israel, com dois, e na Suíça, Holanda e Áustria, com um caso em cada país.


 


A OMS reiterou que não recomenda restringir as viagens regulares nem o fechamento de fronteiras, mas considera “oportuno que as pessoas doentes suspendam viagens internacionais e que aqueles que apresentem sintomas após uma viagem internacional busquem atendimento médico”.


 


Além disso, a OMS “assegurou que não há risco de infecção por comer porco bem cozido ou produtos provenientes deste animal”.

Sem mais artigos