O rapper P.Diddy está sendo processado pelo pouco conhecido rapper Troy Hicks, que acusa o magnata do hip hop de violação aos direitos autorais de um de seus singles.

De acordo com a queixa, o grupo produzido por Diddy, Boyz N Da Hood, usou sem autorização vários trechos da faixa Private Dancer em sua música Table Dance.

A faixa original foi lançada pelo rapper Rhythum através do selo independente Real Life Entretainment.

Sean Combs, nome verdadeiro do rapper que se chamava Puff Daddy, teve seu nome vinculado no processo através de sua gravadora, Bad Boy Records. O processo de violação ao direito autoral também acusa a gravadora Block Entretainment e a major Atlantic Records.

Sem mais artigos