O número de americanos que solicitaram o auxílio-desemprego nos Estados Unidos subiu em 12 mil na última semana e atingiu um total de 669 mil solicitações. O total representa o maior nível desde outubro de 1982. A expectativa do mercado é que o indicador avançasse e apenas três mil.

Já para a média das últimas quatro semanas, o aumento foi de 6,5 mil, atingindo a marca 656.750 novos pedidos do benefício. Mais uma vez o número é o mais em 27 anos. Na semana anterior a esse levantamento, o número total de americanos que recebiam o auxílio-desemprego saltou em 161 mil para um total de 5,728 milhões, o maior nível desde que a medição teve início em 1967.

Entre os trabalhadores que têm direito ao benefício, a taxa de desemprego avançou em 0,1 ponto perceptual, para 4,3%. Mais uma vez um recorde, já que o resultado é o pior desde maio de 1983. Nos EUA, as normas sobre o auxílio-desemprego variam de estado para estado e nem todos os desempregados têm direito ao benefício.

Baixa Hits. A mais completa loja de Música digital da Internet está a um clique daqui!

Sem mais artigos