Peter Hook prestou homenagem ao seu companheiro de Joy Division, Ian Curtis, tocando todo o repertório do álbum Unknown Pleasures, o primeiro da clássica banda. O show aconteceu na terça (18), em Manchester, no 30º aniversário do suicídio de Ian Curtis. Hook depois formou o New Order com os outros membros do Joy Division.

Além de todas as faixas do disco de 1979, Hook, acompanhado de sua banda The Light, tocou os singles Transmission e Love Will Tear Us Apart. Segundo a revista NME, o músico se mostrou emocionado quando a plateia cantou em coro o clássico She’s Lost Control. Com capacidade para 450 pessoas, a casa FAC 251 estava lotada.

Sobre a preparação para os shows, Hook comentou que foi possível “notar todos os truquezinhos legais de composição que [Ian] usava muito. Coisas que você só nota quando analisa. Quando escuta sabe que é bom mas não sabe porquê.”

O baixista contou que foi visitar o túmulo de Ian Curtis na manhã desta terça, “era um dia lindo e eu resolvi ir falar oi e ver como ele estava.” Sobre as críticas aos seus shows de revival do Joy Division: “Alguns disseram que eu não deveria fazer, outros que deveria. Então foi legal ter um clube cheio de gente que achava que deveríamos fazer e que se fodam todos os outros.”

Veja abaixo Peter Hook cantando At A Later Date, do primeiro EP do Joy Division (quando ainda se chamava Warsaw), no show.

<object width=”380″ height=”326″><param name=”movie” value=”http://www.youtube.com/v/J8DPhSS-AE0&hl=pt_BR&fs=1&”></param><param name=”allowFullScreen” value=”true”></param><param name=”allowscriptaccess” value=”always”></param><embed src=”http://www.youtube.com/v/J8DPhSS-AE0&hl=pt_BR&fs=1&” type=”application/x-shockwave-flash” allowscriptaccess=”always” allowfullscreen=”true” width=”380″ height=”326″></embed></object>

Sem mais artigos