O americano Hovis Thomas Jr., de 52 anos, era procurado pela SWAT, a elite da polícia dos Estados Unidos, sob a suspeita de gerenciar um laboratório de produção de metanfetamina. Sem ter para onde fugir, ele não pensou duas vezes e pulou dentro de um tanque de estrume.

Segundo informações do The Journal Gazette, os policiais foram até a pequena fazenda onde Hovis estaria morando com sua namorada para investigar se no local havia o tal laboratório de manipulação de drogas. Quando os agentes chegaram na propriedade, localizada no condado de Noble County, Indiana, Hovis teria entrado dentro do reservatório de fezes do celeiro.

As autoridades vasculharam o ambiente e finalmente encontraram o suspeito imerso no poço de cocô, apenas com a cabeça para fora. Antes de ir para a cadeia, Hovis ainda precisou ser encaminhado para o hospital pois apresentava sinais de hipotermia.

Hovis Thomas Jr.

Hovis Thomas Jr., o homem que estava escondido dentro do tanque de estrume (Foto: Noble County Sheriff’s Department)

Durante a busca no local, os agentes identificaram três laboratórios de metanfetamina, 18 plantas de maconha, três revólveres e um rifle.

“Eu já vi pessoas escondidas em diversos lugares, mas é a primeira vez que vejo alguém em uma cova de esterco líquido”, disse Doug Harp, xerife de Noble County.

Sem mais artigos