As autoridades de saúde de Portugal informaram hoje que um homem de 53 anos sem histórico de complicações médicas se tornou a segunda pessoa a morrer da nova gripe no país.


 


Segundo o Ministério da Saúde, o homem morreu em um hospital da cidade do Porto, onde foi internado em 14 de setembro.


 


A causa da morte foi “uma pneumonia bilateral provocada pelo vírus A H1N1”, que no último dia 26 fez sua primeira vítima fatal em Portugal: um homem de 41 anos com problemas renais.


 


As autoridades portuguesas não disseram quantos casos de gripe A já foram confirmados no país. Mas informaram que, entre a semana de 28 de setembro e 4 de outubro, foram atendidos pelo sistema de saúde 1.772 pessoas com sintomas de gripe.

Portugal confirma 2ª morte por gripe A no país

Sem mais artigos