Fome, doenças e desastres naturais causados pela mudança climática no planeta matam aproximadamente 300 mil pessoas por ano, é o que aponta um relatório divulgado pelo Fórum Humanitário Global (FHG), entidade com sede em Genebra, na Suiça. O estudo indica também que 325 milhões são afetados por ano por conta desses problemas. Os prejuízos decorrentes do aquecimento global já passaram dos US$ 125 bilhões anuais.

De acordo com a entidade presidida por Kofi Annan, que já foi secretário-geral da ONU, os prejuízos devem chegar a US$ 340 bilhões por ano até 2030. Os países em desenvolvimento são os que mais sofrem e arcam com 90% dos prejuízos apesar de emitir apenas 1% do gases que provocam o efeito estufa.

O relatório alerta para os problemas de seca, inundações, elevação do nível dos mares e processo de desertificação em várias regiões do planeta. O FHG estima, ainda, que seriam necessários cerca de US$ 32 bilhões por ano para combater as causas da mudança climática, muito mais que os US$ 400 milhões de verbas internacionais atualmente.

Sem mais artigos