Depois de ter brilhado em um concurso de calouros e lançado seu álbum de estreia em 2007, Ricky Vallen deu mais um salto com o lançamento de seu CD e DVD Ao Vivo, que chega às lojas através da Sony Music.

No show, o cantor mostra sua cara em um amplo repertório, que vai de clássicos eternos da MPB como Disparada, de Geraldo Vandré, e Maria Maria, de Milton Nascimento, até sucessos recentes como Avesso, de Jorge Vercillo.

“Algumas das músicas eu já cantava há muito tempo, como é o caso de Disparada. Eu cantava essa música do Geraldo desde pequeno”, contou. “A música do Jorge Vercillo, eu já tinha gravado no primeiro CD, mas quis levá-la ao palco para dar uma cara diferente para ela, mais delicada.”

E não é só isso. Na lista de faixas do DVD ainda tem Caetano Veloso (Milagres do Povo), Lionel Richie e Quincy Jones (Miss Celie’s Blues) e o megahit de Lenine, a faixa Paciência.

Paciência é o momento de reflexão do show. A música é linda e realmente toca as pessoas. Dá pra sentir que todos ficam encantados com essa música. É algo que não dá pra explicar”, continuou.

Sucesso total

O álbum e o vídeo pontuam o grande momento pela qual passou a carreira de Ricky, que passou quatro meses entre os mais vendidos do Brasil com seu primeiro CD, Homenagens, ficando atrás apenas da musa baiana Ivete Sangalo. Com isso, ele foi indicado ao prêmio de Revelação da Música Brasileira na última edição do Grammy Latino, realizando um sonho de infância.

“Quando eu era pequeno, sempre brincava com um amigo falando que, um dia, seria indicado a um prêmio internacional importante e ele teria que me aplaudir”, diverte-se Vallen. “Mas a indicação me pegou de surpresa. Eu não esperava que o disco fosse ser tão bem recebido”, confessa.

O músico se explica: “quando nós lançamos o disco, vi que o estilo era muito diferente do que estava saindo no mesmo período e achei que não teríamos tanto alcance. Por isso, não acreditei quando soube da indicação. Mas não poderia ter acontecido em melhor hora, já que isso apontou para mim a direção que devo seguir na carreira”.

Como nenhum artista pode se acomodar com a fama, apesar do sucesso do disco anterior, o cantor promete ralar na estrada para divulgar seu novo CD. E, sem pensar em descansar, faz outros planos para o futuro. “É tudo segredo”, escondeu o jogo. “Estou muito focado nessa divulgação e muito feliz com as gravações. Ficou tudo como eu queria e não precisamos fazer nenhum retoque. Agora é ir em frente e em direção ao próximo trabalho.”

Sem mais artigos