Foi aprovado na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado, nesta terça-feira (8), o projeto que prevê a alteração das regras para o Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior, que já havia sido votado pela Câmara dos Deputados e que segue, agora, para a sanção do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.


 


Os membros da comissão teriam apresentado duas emendas, que dizem respeito à redação do texto, e não ao seu conteúdo. Pelas novas regras, os juros cobrados do estudante que fizer o financiamento cairão de 6,5% para 3,5% ao ano, tanto para novos contratos como para quem ainda tem saldo devedor, e o prazo de financiamento passa de duas para três vezes a duração do curso.


 


Além da redução, que foi aprovada em agosto pelo Conselho Monetário Nacional, outro item importante é o que permitirá aos estudantes dos cursos de licenciatura e de medicina, desde que estes trabalhem como professores ou como médicos na rede pública, o abatimento dos débitos em 1% para cada mês trabalhado.

Senado aprova projeto que muda regras do Fies

Sem mais artigos