A cantora colombiana Shakira foi nomeada embaixadora especial do Banco Mundial (BM) na luta contra a pobreza infantil na América Latina.
A entidade anunciou ainda que irá destinar US$ 300 milhões para o desenvolvimento de programas que ajudem a erradicar a miséria entre as crianças.

Shakira e o presidente do BM, Robert Zoellick, assinaram nesta segunda-feira em Washington a Iniciativa da Primeira Infância: Um investimento para toda Vida, um projeto de grandes dimensões que terá a artista colombiana como porta-voz diante dos Governos latino-americanos e caribenhos.

A cantora explicou que os seis primeiros anos de vida são fundamentais para determinar o futuro de uma pessoa. A primeira infância (de 0 a 6 anos) condiciona o desenvolvimento do cérebro das crianças, suas emoções, suas relações sociais e sua percepção do mundo.

Segundo um relatório publicado pela Universidade de Columbia, dos 56,5 milhões de meninos e meninas menores de 5 anos que vivem na América Latina, quase 6 milhões sobrevivem com menos de US$ 1 dólar ao dia, e 8 milhões apresentam atraso do crescimento físico e cognitivo.

Sem mais artigos