A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) declarou o tango Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade, em reunião realizada em Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos, informou hoje a embaixada Argentina no país.

Segundo uma nota emitida pela organização, a candidatura deste tipo de dança para se tornar patrimônio foi apresentada conjuntamente por Argentina e Uruguai.

O comunicado afirma que “o tango é a expressão mais profunda e vibrante do Rio da Prata (na fronteira entre Argentina e Uruguai). Emerge de uma forte raiz cultural e de uma história social que está também vinculada com a importante imigração que povoou a região platina na segunda metade do século XIX. O tango, por sua força, conquistou há muito tempo uma transcendência universal”.

O Comitê Intergovernamental para a Salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial da Unesco selecionou 76 candidaturas de um total de 111, apresentadas por 35 países.

As reuniões do comitê, que começaram no dia 28, terminarão no dia 2 de outubro.

Sem mais artigos