O meio-campista Kaká se apresentou ao técnico Dunga nesta terça-feira (dia 24) como todo o restante do grupo. Mas como havia sentido dores na volta aos gramados, numa partida recente com a camisa do Milan, o jogador foi submetido a uma tomografia assim que chegou ao Rio de Janeiro, acompanhado do médico da seleção brasileira, José Luís Runco. O exame descartou qualquer lesão no pé do jogador, que seguiu direto para a Granja Comary.



Kaká voltou para a concentração da equipe, que enfrenta domingo (dia 29) o Equador, em Quito, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010. Kaká sofria com a contusão no pé desde o dia 7 de fevereiro.



Também poupado com dores no tornozelo esquerdo após entorse no treino da última sexta-feira, o centroavante Adriano fez apenas fisioterapia no primeiro treino da seleção.


O técnico Dunga disse que está otimista quanto à presença do meia Kaká no jogo do Brasil contra o Equador, domingo, pelas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa de 2010.


“Vamos trabalhar com otimismo, pensando que ele vai jogar. Se não for possível, teremos que optar por outro jogador. Lógico que ele é importante, mas temos que esperar pelos treinos do resto da semana”, disse na coletiva de imprensa concedida na Granja Comary.




Leia também:



Seleção brasileira treina na Granja Comary para confronto contra o Equador, dia 29



Altitude de Quito prejudica seleção, diz Lúcio

Sem mais artigos