O Conselho Nacional de Justiça, juntamente com a CBF, Conselho Nacional dos Procuradores-Gerias do Ministério Público dos Estados e da União, e os Ministérios do Esporte e da Justiça, assinarão um terno de cooperação nesta sexta-feira (13) para que somente pessoas cadastradas em um programa nacional de torcedores possam entrar em estádios de futebol da primeira e segunda divisão nacional a partir de 2010. Medida esta que faz parte da organização da Copa do Mundo de 2014, que acontecerá no Brasil.


 


Com esta novidade, os integrantes de torcidas organizadas e torcedores comuns receberão um cartão eletrônico com o registro de suas digitais no momento do cadastramento. Ao passar pelas catracas dos estádios (somente aqueles com capacidade maior do que dez mil pessoas), eles só serão permitidos a adentrarem no local caso a sua digital coincida com a que consta no cartão. A idéia deste cadastramento é  inibir a ação dos cambistas.


 


Gastos


 


Todas as despesas da implantação do novo sistema de catracas nos estádios brasileiros em que a tecnologia ainda não está presente serão arcadas pela União. O início do processo de cadastramento acontece no segundo semestre deste ano e poderá ser feito via Internet. Segundo informações do governo federal, um planejamento de alta divulgação já está sendo organizado.

Sem mais artigos