A cantora norte-americana <b>Tori Amos</b> elogiou as performances ao vivo de sua companheira de profissão e compatriota <b>Lady Gaga</b>, mas afirmou na mesma entrevista concedida ao <i>The Sun</i> que não acredita que a loira vá chegar muito longe.

Na matéria recém-publicada pelo tabloide inglês, Amos chamou Gaga de “um cometa que vem para entreter as pessoas por um tempo” e disse que não imagina que a moça chegue a ter a mesma longevidade de <b>Neil Young</b>, por exemplo.

“Não vejo nada de errado em dizer isso. Mas veja, tem pessoas como o Neil Young, que aparece em <i>Glastonbury</i> depois de 40 anos de carreira. Isso mostra um outro tipo de artista. Neil Young não tem que se mostrar no palco”, declarou a cantora.

“A questão é: A Lady Gaga vai conseguir voltar a Glasto daqui 20 anos para tocar novamente no mesmo festival que Neil Young?”, continuou Amos. “Ela quer entreter as pessoas. Agora, metade do mundo está deprimido e precisando de diversão. Por isso que o <i>timing</i> dela é perfeito.”

Sem mais artigos