Morreu durante a madrugada desta quinta, dia 5 de março, o trompetista fundador da banda Black Rio João Carlos Barroso, conhecido no cenário musical como Barrosinho, aos 65 anos de idade.

O músico criador do “maracatamba”, ritmo que ganhou as ruas misturando maracatu com samba, estava internado a 20 dias no Hospital Pedro Ernesto, no Rio de Janeiro, em situação muito delicada.

Vítima de falência múltipla de órgãos, o trompetista natural de Campos dos Goytacazes foi velado no final da tarde desta quinta no cemitério São João Batista, na capital fluminense.

Além de ter se apresentado ao lado de lendas da música brasileira como Hermeto Pascoal e Sivuca, Barrosinho ainda foi membro fundador da tradicionalíssima banda Black Rio, a grande favorita dos bailes e gafieiras dos anos 70.

Seu último trabalho lançado em vida foi Praça dos Músicos, que saiu por aqui no ano passado.

Sem mais artigos