Alguns tipos de câncer podem estar relacionados ao uso de aparelhos celulares, de acordo com dados previamente divulgados de um estudo da Organização Mundial da Saúde (OMS).



Os primeiros resultados do relatoria foram divulgados pelo jornal The Telegraph, que apontou um risco significamente maior de pessoas apresentarem tumores cerebrais devido ao uso excessivo de celular.
De acordo com o jornal, o Departamento de Saúde Britânico afirmou que ainda não existem evidências sobre os riscos que o telefone pode trazer e apenas alertou quanto ao uso do celular por crianças, que devem usar o aparelho apenas para fazer ligações curtas.



A doutora Elisabeth Cardis, diretora da pesquisa – chamada Interphone, sugeriu que o problema deve estar ligado ao efeito da radiofreqüência e da radiação e defende meios para reduzir a exposição.



“Uso de kits parta deixar as mãos livres e moderar o uso de telefones são medidas interessantes”, disse ao jornal.



A pesquisa foi realizada em 13 países e entrevistou cerca de 12.800 pessoas, portadoras ou não de tumor cerebral, entre os anos de 2000 e 2004. O documento, parcialmente financiado por indústrias, teve sua publicação em uma revista científica adiada, pois os autores discordaram sobre a forma de como apresentar as conclusões.




 

Uso de celular pode aumentar risco de desenvolver câncer, segundo OMS

Sem mais artigos