Vicente Soriano renunciou hoje como presidente do Valencia, ao não conseguir solucionar os problemas financeiros do clube. No último dia 26 de maio, Soriano recebeu plenos poderes do conselho de administração para melhorar a situação dos cofres do clube, mas não alcançou seu objetivo.

O agora ex-presidente leu uma nota na qual explicou os motivos da saída e disse que sai “com uma faca no coração” por não ter resolvido os problemas.

A decisão foi comunicada três dias antes da junta geral de acionistas da sociedade, prevista para domingo, em que será feita uma ampliação do capital social do clube. Por enquanto, Vicente Silva, terceiro maior acionista, assume o cargo de presidente.

Sem mais artigos