O Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos subiu 2,2% no terceiro trimestre do ano, segundo os dados oficiais divulgados nesta terça-feira (22) pelo Departamento de Comércio.

O número ficou abaixo do esperado pelos analistas, que tinham previsto um crescimento de 2,7%.

A diferença para baixo se deve a uma despesa dos consumidores ligeiramente menor que o esperado, cortes nos estoques das companhias e investimentos abaixo das expectativas por parte das empresas.

A despesa dos consumidores, o principal motor da economia americana, cresceu 2,8%, frente à previsão de um aumento de 2,9%.

O crescimento, embora tenha sido menor que o esperado, é o primeiro registrado depois de quatro meses de contração consecutivos e confirma a tendência de recuperação.

Os analistas consideram que o quarto trimestre fechará com um crescimento maior, em torno de 4%, um número que se for confirmado representaria o maior aumento desde o primeiro trimestre de 2006.

Sem mais artigos