Parece uma escultura de miçangas, mas na verdade é uma espiga de milho colorida! Sim, aquele milho que todos conhecemos, verde por fora e com bolinhas amarelas por dentro é coisa do passado. Um agricultor de Oklahoma, EUA, desenvolveu essa novidade, que batizou de Glass Gem, depois de reparar que algumas espigas nasciam com caroços multicoloridos vez ou outra. Estudando e aprimorando o cultivo, Carl Barnes conseguiu produzir essa espécie que vemos nas fotos.

 

O agricultor morreu há alguns anos, mas conseguiu passar a sua criação ao amigo Greg Schoen, que – depois de anos até a chegada ao produto final -, está comercializando as sementes na internet, por cerca de R$ 18. A venda é feita por uma organização criada para preservar o patrimônio agrícola dos nativos americanos.

Quem se interessa pelo cereal, em sua maioria, são paisagistas e pessoas que querem dar um toque de cor à sua horta.

 

Segundo reportagem do “Daily Mail”, não é recomendado comer o milho na espiga (cozido como é de costume fazer com a espécie comum), no entanto, além de servir de enfeite, ele pode ser utilizado para a fabricação de farinha ou estourado como pipoca. Os agricultores encorajam os compradores a replantarem algumas das sementes para que o cultivo seja perpetuado.

Sem mais artigos