Elefantes estão entre os animais mais sentimentais que povoam este planeta azul. Eles mostram tristeza por seus mortos, se alegram ao reencontrar entes queridos, ficam felizes com nascimentos e demonstram carinho. O fotógrafo Wolf Ademeit, encantado pelos paquidermos, retratou seus expressivos gestos de afeto.

Ao contrário da maioria dos fotógrafos de vida selvagem, Wolf se concentra nos detalhes dos animais, em vez de se preocupar com o contexto do ambiente natural em que eles estão. “Por meio das minhas imagens, eu quero mover o foco da fotografia desses animais para o contexto da arte e mostrar fotos que não são puramente documentais”, diz o artista, em seu site.

Wolf cedeu essas imagens a instituições de proteção aos animais, para que elas possam adquirir colares de rádio, para tentar salvar os 200 últimos elefantes que residem no parque de Virunga, no Congo, das mãos de caçadores.

Sem mais artigos