A artista Zaria Forman usa papeis pastel para criar desenhos incrivelmente realistas de paisagens Groenlândia, ilha pertencente a Dinamarca. 

Além de suas pinturas refletirem a preocupação de despertar a consciência das pessoas para os perigos do aquecimento global, a artista também produz suas obras como uma forma de tributo a sua falecida mãe, que, inspirada pelo pintor William Bradford, sempre desejara realizar uma viagem ao Ártico. Zaria conta ao site “Demilked” que sua mãe dedicara a vida inteira a fotografar regiões remotas da Groelândia, mas nunca conseguiu chegar ao ártico como sempre desejou.

“Minha mãe havia concebido a ideia da viagem, mas infelizmente não viveu o suficiente para isso. Durante todos os meses em que viveu adoecida, dedicou-se como nunca à sua expedição pelas regiões da Groenlândia. E, por isso mesmo, espalhei suas cinzas numa das gigantes geleiras de diamante, no pico de uma das pedras mais antigas da terra e sob as luzes verdes do norte. Agora ela é parte da paisagem que tanto amou”, disse.

Os desenhos estão à venda em seu site e parte do dinheiro arrecadado irá para a organização preocupada com a crise climática 350.org.

Para ver os desenhos, clique na galeria acima.

Sem mais artigos