Os saquinhos de chá da estadunidense Ruby Silvious não vão da caneca para o lixo. Ela reaproveita os pequenos pedaços de papel das embalagens para utilizá-los como minitelas de aquarela. O resultado são os desenhos supercriativos da galeria de fotos aqui em cima.

O projeto é, para Ruby, um diário visual. Intitulado 363 Days of Tea (363 dias de chá, traduzido do inglês), a série de imagens são paisagens, personagens e objetos do dia a dia.

“As pessoas têm uma noção pré-concebida de o que a arte tradicional deve ser. Eu acho que reimaginar o descartado como arte inspira novas formas de criatividade”, escreveu a artista, em um post para o site Bored Panda.

Sem mais artigos