Pelo menos 12 pessoas morreram e outras 50 ficaram feridas após um tiroteio em um cinema na cidade americana de Aurora, no Colorado, durante a estreia do filme “Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge“, segundo informou nesta sexta-feira (20) a imprensa local.

 

O suposto autor do massacre foi detido, segundo o chefe da polícia de Aurora, Dan Coates, que indicou que 10 pessoas morreram no local e outras quatro chegaram a ser levadas a hospitais da cidade, mas não resistiram.

Uma testemunha contou que um homem vestido de preto e com uma máscara invadiu a sala do cinema com uma escopeta e começou a atirar.

A cidade de Aurora fica a cerca de 15 quilômetros do centro de Denver. Centenas de pessoas foram ao cinema com fantasias dos personagens da série para assistir o filme.

Outra testemunha disse que inicialmente o público não reparou que os disparos eram reais e estavam acontecendo dentro da sala do cinema.

O porta-voz do departamento de polícia de Aurora, Frank Fania, disse que o homem, um jovem 24 anos, identificado com James Holmes, portava uma espingarda, uma escopeta, uma pistola e um colete à prova de balas. Os motivos da ação ainda são desconhecidos.

“As testemunhas disseram que o homem apareceu na parte da frente da sala, mas não está claro se ele apareceu por detrás da tela ou por uma das portas, e começou a disparar”, acrescentou Fania.

Outra testemunha disse à “CNN” que escutou entre dez e vinte disparos de armas de fogo e uma explosão, enquanto vários presentes citaram uma bomba, que provocou fumaça dentro da sala.

Após os disparos, o alarme de incêndio disparou e o público correu para sair do local, o que pode ter deixado mais feridos.

 

Testemunhas dizem que autor de massacre nos EUA sabia
momento exato de atirar

 

Testemunhas do massacre disseram que é possível que o atirador já tivesse assistido o filme “Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge” antes da pré-estreia, porque, segundo eles, os disparos foram feitos exatamente durante uma cena de tiros.

O jornal “Denver Post“, de acordo com o relato de uma testemunha, disse que era “como se o atirador soubesse o momento exato para realizar os disparos”.

A sala onde ocorreu o massacre estava lotada por conta da pré-estreia do filme, uma das mais esperadas do ano. A expectativa era tanta, que dezenas de pessoas foram ao cinema fantasiadas de personagens do filme.

Uma testemunha, que se identificou como Evan, disse que autor do massacre estava fantasiado de “Exterminador do Futuro” e começou a “disparar, disparar e disparar”.
Outras testemunhas também disseram que a princípio, acreditavam que os disparos faziam parte do filme, até que começaram a ouvir muitos gritos e avistaram o atirador na frente da sala usando uma máscara de gás.

De acordo com a Polícia local, o detido, que foi identificado como James Holmes, de 24 anos, apareceu na frente dos espectadores, acionou algum tipo de gás ou dispositivo explosivo, e começou a disparar.

De fato, vários dos feridos estão sendo tratados por ferimentos químicos, embora por enquanto se desconheça a substância utilizada pelo atirador.

Spenser Sherman, também testemunha do massacre, disse à “CBS” que havia muita fumaça no local. “Achei que era parte do filme, como uma piada, que passaria em breve. Mas não era. Todo mundo se jogou no chão após os primeiros disparos e houve uma pausa depois. Alguns disseram que ele estava recarregando a arma. Neste momento, meu namorado disse ‘temos que sair do teatro agora'”.

Outra testemunha, identificada como Jennifer, relatou que o homem disparou primeiro contra o teto, como se fosse para assustar as pessoas, e depois começou a atirar nos espectadores

A Warner Bros., produtora do filme “Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge”, disse estar “profundamente triste” com o trágico episódio ocorrido nesta sexta-feira em um cinema de Aurora (Colorado).

A empresa emitiu um comunicado no qual expressa suas “mais sinceras condolências às famílias das vítimas”.

“A Warner Bros. está profundamente triste com a notícia”, disse a companhia, que, segundo o jornal “Hollywood Reporter“, suspendeu a estreia prevista em Paris para esta sexta, assim como as entrevistas com o diretor do filme, Christopher Nolan.

“Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge”, é a terceira e última parte da saga de Batman criada por Christopher Nolan. 

Sem mais artigos