Você aí que acreditava que a escola da vida era a melhor de todas para aprender sobre sexo, enganou-se. Ylva-Maria Thompson, ex-atriz pornô, resolveu criar uma escola para ensinar a prática e tornar seus alunos verdadeiros mestres no assunto. 

A Escola Internacional de Sexo terá sua matriz em Viena, na Áustria, e poderá receber qualquer aluno interessado no assunto, desde que tenha mais de 16 anos e R$ 4 mil para pagar pelos estudos. “É a primeira universidade de sexualidade aplicada do mundo”, diz a diretora e fundadora da instituição. 

LEIA MAIS: Irmãos escoceses são surpreendidos fazendo sexo em estação de trem

Quer uma boa notícia? Só serão ministradas aulas práticas. “Nossos ensinamentos não terão um núcleo teórico, mas muita prática. O objetivo é ser um amante melhor. Ensinaremos sobre posições sexuais, técnicas de carícia e características anatômicas”, explica Ylva-Maria ao Daily Mail

Segundo o porta-voz da escola, Melodi Kirch, “Estamos confiantes de que a escola será um grande sucesso. Ylva-Maria trabalhou por um longo tempo sobre essa ideia e tem recebido muito incentivo”. 

Para melhor aproveitamento das aulas, a sala de aula dos estudantes que ingressarem na universidade será um quarto misto. A intenção é que as “lições de casa” sejam realizadas por lá mesmo e as notas serão em forma de “avaliação de performance”. 

O grande problema é que os austríacos não estão gostando muito da ideia de uma escola assim, inclusive, a TV local já baniu um dos anúncios, que mostrava um casal praticando as lições no vídeo. Entre as reclamações da população estão a alegação de que os ensinamentos não passarão de uma simples venda de sexo enrustida. Quanta maldade…

Sem mais artigos