Um blog diferente, chamado Esculturas de Barro, pretende revelar as “obras feitas quando estamos sozinhos”. Usando matérias-primas totalmente naturais, como barro e argila, no eufemismo do autor, o blog aceita imagens de obras também dos leitores.

Algumas são tão grandes que nem cabem na “tela” (o vaso sanitário). O acervo já tem muitas obras, postadas desde 2008, uma mais engraçada do que a outra. Os nomes são uma atração à parte, para lá de sugestivos, como Doce de Banana, Mandioca com Casca ou Cobra sem Cabeça. Tem até uma obra chamada Vírgula, mas esperamos que não seja em nossa homenagem…

O blog pede que todas as imagens das obras sejam enviadas em alta resolução, para que possam ser usadas também como wallpapers ou banners. Seguindo o Escultor de Barro no Twitter dá para saber quando as obras estão ficando “prontas”.

Veja uma obra em multimídia, intitulada “Fritando batatinhas”.

Sem mais artigos