O geógrafo John All passou por uma situação que parece saída do filme 127 Horas. Professor da Western Kentucky University, no sul dos Estados Unidos, All participava de uma expedição para o estudo de mudanças climáticas no Himalaia. Na segunda-feira, dia 19, ele  andava sozinho pelo Monte Himlung quando caiu 22 metros numa fenda escondida pelo gelo.

Na queda, o cientista de 44 anos quebrou um braço e cinco costelas, além de deslocar o ombro. Apesar dos ferimentos que fariam você esperar pelo Samu chorando, All não só escalou para fora do buraco como gravou toda a jornada.

Foram cinco horas de subida. Em seguida, o cientista teve que se arrastar por quatro horas até o acampamento, de onde pediu ajuda. Por causa das condições climáticas adversas no local, seis mil metros acima do nível do mar, ele só foi resgatado no dia seguinte, depois de mais 17 horas de espera.

Veja abaixo a escapada dramática de John All: 

 

Sem mais artigos