Uma voadora no peito e um chute na boca, é isso que essa tal de homofobia merece. Por isso, o Virgula Inacreditável fez esse post aqui, para mostrar que não é necessário ser famoso como a Miley Cyrus ou a Fernanda Montenegro para ter uma voz contra o preconceito. Seja você gay, hétero ou nenhuma das alternativas anteriores, é possível dar exemplos de tolerância no dia a dia e mudar o que está ao seu redor.

Na galeria aqui em cima, a gente conta seis histórias bem bacanas de gente como a gente que combateu o preconceito com atitudes campeãs. Dá um check it out.

Sem mais artigos