Com presas de 15 centímetro e pesando e pesando pouco mais de 270 kg, Saber e Janda não são o tipo de gatinho que você gostaria de ter em casa. Mas Janice Haley decidiu que seria uma boa ideia criar dois tigres-de-bengala em seu quintal, em uma casa comum.

Apesar do tamanho dos felinos, eles são tratados como se fosse gatinhos: Janice dá a carne na boca deles, faz carinhos, abraça e o macho branco ainda dorme chupando o dedo de Janice. Ela já cuida de tigres há 20 anos, quando participou de um curso para adestrar tigres.

“Eles me olham como se eu fosse a mãe deles, e eu os vejo como meus filhotes peludos de 4 patas”, afirma Janice ao Mirror. “Eles se esfregam no meu rosto e eles me deixam beijá-los no nariz e abraçá-los”; após um dia inteiro comendo e brincando, a mulher se deita com os tigres para os ajudar a dormir.

Os tigres são alimentados três vezes ao dia e o quintal de 216 m² tem que ser limpo várias vezes ao dia. Janda prefere carne de cavalo, enquanto Saber prefere carne bovina.

Janice Haley ainda defende que seus tigres estejam em cativeiro, já que, segundo ela, caso não hajam alguns tigres criados dessa forma, em alguns anos não haverão mais tigres.

Sem mais artigos