Quando somos crianças não queremos nenhum tipo de relação com meninas. Mas, chega a fase chamada “pré-adolescência” e o interesse começa a surgir (junto com os pêlos e a voz grossa). Nesta época, nós só queremos relação é com elas! Por isso, a pergunta que fica é: dá mesmo para ser amigo delas?

“Dá, claro! Sempre fui amigo de meninas e acho muito melhor. Não sou gay, gosto de mulher, mas prefiro compartilhar meus segredos com elas. Eu sei diferenciar uma mina que eu quero ficar de uma amiga”, é o que diz o estudante Rafael Monteiro.

Saber separar amizades e amores é importante. Confundir os sentimentos pode destruir uma relação. Ainda que seja normal, até certo ponto, essa confusão, mais importante ainda é saber conversar e não deixar que um deslize acabe com tudo. E não estamos falando de traição, não. “Eu tinha uma grande amiga. Certa vez, achei que estava afim dela. Foi só eu tentar ficar com ela que a amizade acabou!”, afirma Luis Henrique, estudante de fisioterapia.

Quanto às mulheres, há as que acham impossível manter uma relação de amizade com um homem. É o exemplo de Ana Cláudia Sampaio, de 22 anos. “Eu tinha um amigo, o Ricardo. Ele se aproximou de mim em um momento difícil da minha vida e me deu muita força. Nós fomos apenas grandes amigos por seis meses. Depois, ele começou a dar em cima de mim. Eu também estava a fim dele. E foi assim que começou o nosso namoro”, diz.

Aninha não é a única que pensa assim. Existem as que pensam que é possível ser só uma grande amiga. “A maioria dos meus amigos é homem. Eles me respeitam demais e não são traíras como as mulheres. Não tem perigo de roubarem meu namorado”, diz Camila Barros, designer.

E você, tem amigas mulheres? O que você pensa sobre esse assunto? Debata com outras pessoas, de repente você pode até arrumar uma grande amiga!

Sem mais artigos