Debora Rodrigues

Debora Rodrigues

Quem?!?! Ex-sem terra, ex-capa da Playboy, piloto de Fórmula Truck e participante do reality show “Mulheres Ricas”

INÍCIO NA MÍDIA
Amanda: Débora, eu sei tudo da sua vida. Porque eu assistia o Gugu e você foi descoberta por ele. Como que foi essa emoção? Porque ele foi fazer uma gravação e você estava lá… Daí ele te achou bonita e te indicou para Playboy, foi assim?
Débora Rodrigues: Não. Na verdade quem me descobriu foi o jornal Estado de São Paulo. Eu estava em uma ocupação de terra lá em Teodoro Sampaio e um fotógrafo me fotografou e mandou minha foto pro jornal.
Amanda: Sensual…
Débora Rodrigues: Não, eu estava trabalhando. Estava em cima do trator.
Carioca: Com a “peixeira” na mão!
Bola: Ela pilotava caminhão lá.
Débora Rodrigues: Daí ele mandou essa foto que acabou sendo publicada. Aí a Playboy me chamou.

TEMPOS DE M.S.T

Emílio: Mas você era da turma do Zé Rainha, lá? Débora Rodrigues: Era.

Emílio: Sério? E seu pai era o que lá no Paraná? Débora Rodrigues: Meu pai era caminhoneiro. E eu nessa época já era casada, me casei com 17 anos, Emílio. Eu já era separada, já tinha meus dois filhos para criar e eu estava no movimento porque era a única maneira que eu via naquela época para conseguir criar meus filhos.
Bola: Mas você andava com a foice nas costas para poder brigar com a turma ou você era mais na manha?
Débora Rodrigues: Não, porque eu era a motorista e sempre fui a motorista. Era a motorista do caminhão, do ônibus e do trator.
Jaqueline: Ela era a primeira a invadir, entendeu?
Bola: Era ela que arrebentava. Entendi.
Jaqueline: Isso. Era ela que arrebentava.
Bola: Mas você já foi presa ou tomou cacetada de polícia nessa época?
Débora Rodrigues: Não, eu já levei muito tiro. Teve uma vez que não sobrou quase nada de um dos tratores que eu dirigia. Ele foi fuzilado, literalmente.
Bola: Seu anjo da guarda é bom, hein.
Amanda: Você ficou quanto tempo no M.S.T?
Débora Rodrigues: Acho que uns dois anos.

COMEÇO NA TV
Emílio: Daí você saiu na Playboy e levantou uma bala?
Débora Rodrigues: Foi isso. Na verdade, inicialmente, eles me ofereceram 20 mil reais e eu não sabia que não podia falar, daí abri minha boca no programa da Hebe. E a Hebe caiu na alma da Playboy e eles me chamaram para renegociar. Daí renegociamos e agora não posso falar mais.
Carioca: E como é que foi conhecer o Silvio Santos?
Débora Rodrigues: Foi maravilhoso.
Emílio: Mas aí direto você foi fazer o programa do Silvio Santos? Primeiro você saiu pelada…
Débora Rodrigues: Isso.
Emílio: Foi aquele sucesso, daí você fez todos os programas de televisão e tal. Aí o Silvio Santos te chamou para fazer o Fantasia?
Débora Rodrigues: Isso, foi o Fantasia. Resumindo: eu fui lá conversar com o homem e ele me chamou para fazer o Fantasia. Porque todos os programas que eu tinha feito na época foram ao vivo. E ele gostou da minha desenvoltura e me chamou para fazer o programa. Daí eu fui treinado durante uma semana por ele.

Débora Rodrigues e sua filha, Jaqueline

Sem mais artigos