Um homem foi informado pela polícia que deveria pegar leve com as decorações de Halloween na fachada de sua casa depois que uma exibição de corpos estripados fez uma criança chorar. James Creighton, de 25 anos, usou esqueletos, corpos ensanguentados e teias de aranha em uma decoração inspirada no filme “Massacre da Serra Elétrica” (2003).

Creighton transforma sua casa em Hertfordshire, na Inglaterra, todos os anos para arrecadar dinheiro para a Pesquisa de Câncer no Reino Unido, em memória de sua avó, que morreu da doença em 2009. Mas ele teve uma surpresa desagradável quando dois policiais bateram à sua porta para lhe dizer que um pai se queixou de que seu filho ficava muito assustado ao passar em frente à sua casa pela manhã.

“Aparentemente, a criança começa a chorar toda vez que passa por minha casa”, assinala o homem ao Daily Mail. Segundo Creighton, a polícia pediu para colocar lona preta ao longo da cerca para que as crianças não se assustem mais. “Mas por que eu deveria fazer isso? É um pouco macabra, é um pouco sangrenta, mas é Halloween, feito para ser divertido e assustador”, alega.

No ano passado, ele conseguiu angariar mais de três mil reais para o instituto. Neste ano, conseguiu recolher mais de quatro mil até o momento, de lugares tão distantes como os EUA e o México. Esta é a única reclamação que recebeu até hoje. Mas o rapaz garante que vai manter a decoração, embora o caso o faça refletir sobre a necessidade de ser mais cauteloso no ano que vem. “Mas eu não vou parar: é algo que me faz lembrar de minha avó e é por uma boa causa”, garante.

Sem mais artigos