Sabe aquele livro, Onde Está o Wally, em que você passa um tempão tentando achar um carinha nerd de camiseta listrada e gorro? Pois é. Um estudante de ciências da computação dedicou seu tempo para descobrir qual é a forma mais eficiente de encontrá-lo no meio da multidão.

Depois de ficar preso em razão de uma tempestade de neve, Randy Olson, que é doutorando na Universidade do Estado de Michigan, nos Estados Unidos, decidiu dedicar seu fim de semana para a tarefa.

O rapaz descobriu que Wally está em 68 posições diferentes nas sete primeiras edições dos livros e, a partir dessa informação, criou gráficos (dá uma olhada na galeria aqui em cima) e traçou uma “rota” para otimizar sua busca pelo personagem (essa aqui embaixo – comece por onde está o círculo preto).

A melhor estratégia para encontrar o Wally é essa aqui. Comece por onde está o círculo e siga a linha preta

A melhor estratégia para encontrar o Wally é essa. Comece pelo círculo e siga a linha preta

O que Randy descobriu foi:
– Wally quase nunca está no topo do canto superior à esquerda
– Wally raramente está nas bordas
– Wally nunca está localizado na parte de baixo da página direita
– A parte de baixo da página esquerda é um bom lugar para começar
– A metade superior da página direita é o segundo melhor lugar para procurar
– O terceiro melhor lugar para procurar é a metade à direita da parte debaixo página direita

Sem mais artigos