Repórteres passam por diversas saias-justas quando gravam nas ruas ou ao vivo. Pessoas podem aparecer dançando no fundo, o profissional pode ser assaltado e, em tempos de pandemia, até animais estão roubando a cena. Em um novo caso, dois garotos foram bem perspicazes ao simularem uma “falha na matrix”.

Durante uma gravação do jornalista Joe Tidy, da BBC, na cidade alemã de Frankfurt, a dupla apareceu caminhando para trás, como se o vídeo estivesse sendo rebobinado. A cena se contrapunha à apresentação do repórter, que continuava falando normalmente, e outros pedestres também apareciam andando para frente.

Tidy só notou a pegadinha na hora da edição.

Como reportava uma história séria, ele não pôde usar o vídeo, mas compartilhou a cena no Twitter para divertir os seguidores.

“Parabéns aos dois rapazes que sorrateiramente arruinaram minha melhor passagem na câmera durante um trabalho recente na Alemanha”, escreveu o repórter.

Mas ele levou na esportiva: “honestamente, nem estou bravo. Isso é inspirador. Não notei até chegar na edição”.

A mensagem chegou até os protagonistas do vídeo, que entraram em contato com o jornalista e se desculparam pelo Instagram: “desculpe se causamos alguma inconveniência”. O repórter foi sincero e respondeu que sim, eles causaram, mas pelo menos conseguiram arrancar boas risadas.

Os jovens explicaram que a atitude foi “espontânea”. “Quando vimos a câmera, decidimos fazer algo engraçado e criativo. Em retrospecto, estamos felizes por fazermos as pessoas rirem com tantos tópicos negativos dominando os noticiários”, responderam.

Sem mais artigos