Olhando de perto parece até uma casa habitada por hobbits, mas trata-se de uma “Dome House“, uma espécie de iglu eco-friendly. Steve Areen, um ex-comissário de bordo da Delta Airlines, construiu a sua bem no meio de uma fazenda de manga orgânica no nordeste da Tailândia e está dando o que falar. Tanto que vem sendo conhecida como Dome House Mágica da Tailândia.

O conceito de Dome House ainda é pouco conhecido no Brasil, mas a novidade pode ser uma solução habitacional interessante que associa racionalização de espaço com sustentabilidade. A ideia vem do Japão, onde o “compact living” é quase uma obsessão. 

Ainda por cima, a construção é barata e simples. Steve Areen contou apenas com dois assistentes, terminando a obra em menos de seis semanas, com custos que não chegaram a 16 mil reais. Esta linda casa em miniatura, de pouco mais de 46 metros quadrados, foi construída com a ajuda de um braço mecânico, que primeiro fez as esferas com tijolo da região. Como as leis na Tailândia são muito permissivas, conta Steve ao site “Weird Asia News”, não precisou de qualquer tipo de licença de construção. 

Além disso, o processo incluiu a instalação de telas, prateleiras, um pequeno lago, gazebo, alvenaria, paisagismo e portas, tudo feito por Steve Areen. A cúpula do quarto é tampada com um belo telhado de grama, enquanto o banheiro, que se parece com um átrio, está repleto de plantas e equipado com enfeites rústicos, como uma torneira de bambu.

A casa em forma de círculo, pintada em tom terracota e adornada com paisagismo tropical, é naturalmente iluminada graças a cortes no telhado, que garantem também a circulação de ar. Steve agora quer construir uma Dome House no Oregon (EUA), mas, desta vez, diz que pretende utilizar tijolos de barro.

Ex-comissário de bordo constrói casa mágica na Tailândia

Sem mais artigos