Horia Manolache é um fotógrafo que idealizou o projeto O Príncipe e o Plebeu, inspirado no romance homônimo de Mark Twain. Ele fotografa moradores de rua e mostra o que cada um gostaria de ter se tornado, se sua situação fosse outra. Alguns gostariam de serem policiais, marinheiros, militares, exploradores e até Miss.

“Meu objetivo é mostrar os sem-teto de uma forma diferente e fazer com que suas histórias sejam ouvidas. Eu fotografei em hotéis, garagens, construções e na rua. Conheci pessoas com armas e outras com corações de ouro”, contou.

McKayas

Para deixar cada morador de rua mais próximo de seu sonho, Horia conta com a ajuda de sua mulher, que faz cortes de cabelo, a maquiagem e encontra as fantasias necessárias. “A preparação para cada pessoa demorou uma semana, mas em alguns casos demoramos três semanas para fazer as fotos.

Agora, o casal busca apoio em uma campanha de crowdfunding, na plataforma Indiegogo, para transformar o projeto em um livro. Se quiser saber mais, é só clicar aqui.

Sem mais artigos