Um fotógrafo especializado em closes de animais pequenininhos, como aranhas, vespas, abelhas e moscas, vem chamando atenção no mundo. Colin Hutton, de 29 anos, chega a passar três horas observando cada detalhe dos bichinhos até conseguir o clique perfeito. Detalhe: ele só fotografa espécies vivas.

Morador da Carolina do Norte, nos EUA, Colin revira parques e locais onde possa encontrar os insetos para suas experiências. Inclusive, já viajou cerca de mil quilômetros apenas para flagrar os bichos mais incomuns.

Segundo reportagem do “Daily Mail”, seus temas favoritos são as aranhas, devido aos seus abdomens coloridos. O fotógrafo terminou, recentemente, a licenciatura em ciência ambiental e lembra que, inicialmente, desejava se em espécies como répteis e anfíbios, mas logo percebeu que os insetos eram mais interessantes.

“Eu tento capturar os insetos em campo, mas às vezes eu os trago para casa, para que possa fotografá-los com iluminação especial. Tirar uma foto dessas não leva muito tempo, mas pode ser difícil quando eles estão se movendo rápido, o que faz a fotografia ficar ruim ao ampliar muito. Vez ou outra passo um par de horas tentando obter a foto perfeita”, explica. “Depois de trabalhar com eles por muito já sei o que esperar e como lidar com eles”, completa.

Colin sempre vai à Flórida visitar os pais e leva sua câmera junto. Ele também já foi à Colômbia e gostaria de chegar à Austrália para clicar algumas espécies de aranhas que só tem lá.

Veja um pouco do trabalho do fotógrafo na galeria acima.  

Sem mais artigos