O fotógrafo Matty Smith teve uma ideia bem legal para registrar a vida aquática do planeta. Metade da lente ficou na superfície e a outra metade ficou submersa. O resultado se tornou a exposição A Parallel Universe.

No site do Festival Head On, onde foi realizada a exposição,  Matty disse que a inspiração para fazer o ensaio veio de um momento específico: durante o mergulho, quando começamos a afundar na água e metade da máscara de mergulho fica fora d’água e metade dentro dela.

O que levou Matty a registrar esse instante foi “o suspense do desconhecido, a parte de transição durante o movimento de um elemento para outro é tão mágico e o pensamento sobre o que eu posso encontrar lá”.

Saca só na galeria, lá em cima, algumas fotos feitas por Matty.

Sem mais artigos