Um funcionário de McDonald’s da Carolina do Sul, EUA, foi preso por, digamos, adulterar os alimentos do restaurante. O mocinho foi acusado de escarrar no chá de um dos clientes, que não perdeu tempo e chamou a polícia para resolver o assunto. 

 

O chazinho batizado foi entregue a uma mãe que foi com sua filha até o restaurante. Ao pedirem o chá, elas notaram que o líquido não estava doce, mas sim com um gosto estranho.

Foram para casa e levaram a bebida junto, para adicionar açúcar lá. Ao abrirem o copo, deram de cara com uma enorme quantidade de catarro boiando na superfície (éca!). 

Ao invés de voltarem ao estabelecimento, elas foram direto à delegacia mais próxima denunciar o ocorrido. 

Segundo informações do “US News”, o atendente Marvin D. Washington Jr., de 19 anos, foi preso e acusado de adulterar a bebida, já que as câmeras de segurança o mostraram em atitude suspeita, colocando seu rosto próximo aos copos servidos às moças. 

Sem mais artigos