Recentemente, pesquisadores confirmaram o que todo mundo já sabia: mesmo que gatos possam diferenciar a voz de seu dono da de um estranho, eles possuem uma atitude de “não me importo” quando se trata de responder. Em outras palavras, os felinos peludos definitivamente podem ouvi-lo, mas eles simplesmente não estão nem aí. 

Historicamente, os gatos, ao contrário dos cães, não foram domesticados a ponto de obedecer às ordens dos seres humanos, observa o estudo, publicado na revista Cognition Animal em julho, mas só agora popularizado graças ao Reddit.

No estudo, os pesquisadores observaram 20 gatos domésticos em suas casas durante oito meses para monitorar como os animais de estimação reconhecem e respondem às vozes humanas que chamam por seus nomes. Quando ouviram um chamado humano, 50% a 70% dos gatos viraram a cabeça e 30% moveram as orelhas. Apenas 10% responderam ao chamado, seja por miado ou mexendo o rabo.

A boa notícia é que, comparando a estudos anteriores, percebe-se que os gatos têm evoluído para se comportar como gatinhos, já que os humanos os tratam como bebês, afirma o co-autor Kazutaka Shinozuka, da University of South Florida College of Medicine, ao Huffington Post.

Sem mais artigos