“Você parece alguém que eu conheço” – essa frase não é estranha para muitas pessoas. Porém, com as redes sociais, ficou mais fácil encontrar mundo afora pessoas que se parecem demais (e fazer com que elas possam se encontrar, também). Esta é a premissa do projeto Twin Stranger (“gêmeo estranho”, em tradução livre do inglês), criado pelo grupo de amigos irlandeses Niamh GeaneyTerrence ManzangaHarry English. Em 28 dias, eles pretendiam encontrar seus doppelgangers usando apenas as redes sociais.

Em duas semanas, a gêmea perdida de Niamh apareceu: morando a uma hora de distância da moça, Karen Branigan é a imagem ~esculpida em carrara~ da outra, chegando a ser surpreendente para ambas. “Durante o nosso encontro, eu basicamente fiquei pasmando no rosto dela”, conta Geaney, que propôs a Karen uma produção para deixá-las ainda mais parecidas. O resultado você vê na galeria abaixo (spoiler: é impressionante!):

Sem mais artigos