Scary Guy, 58 anos teve seu perfil deletado do Facebook, tudo porque sua aparência (com o rosto completamente tatuado) foi considerada ofensiva.

O homem, cujo nome em uma tradução literal que dizer “Cara Assustador” (sim, segundo o jornal “The Sun” este é o nome legal do jovem senhor), é ex-tatuador e ministra palestras contra o bullying, preconceito, ódio, intimidação e julgamento por aparência…

 

Conforme informações do periódico britânico, Guy tinha publicado um anúncio, justamente, divulgando suas palestras, e atraiu 10 mil pessoas para sua página em apenas dez dias.

“O Facebook está sendo preconceituoso. Um anúncio com o rosto de um homem negro não seria proibido, porque é ofensivo, não é mesmo? Então, por que o meu é?”, disse o homem, indignado. 

Os responsáveis pela rede social alegaram que o anúncio recebeu feedbaks negativos, pois o rosto era “provocador”. “Recebemos denuncias muito sérias de conteúdo questionável”, comunicaram em nota. 

Sem mais artigos