O inglês Oliver Lown, de 28 anos, perdeu a licença para praticar medicina depois de ser filmado fazendo sexo com um cachorro e um cavalo. 

O ex-veterinário foi acusado em 2012 e confessou o crime. A associação inglesa de veterinários, o Royal College of Veterinay Surgeons, mantinha Oliver suspenso desde então, mas decidiu afastá-lo em definitivo em julho.

 

Sem mais artigos