Quem nunca caiu todo torto no chão porque segurava algo precioso nas mãos e preferiu se esborrachar em vez de se proteger? Pensando nisso, o fotógrafo italiano Sandro Giordoan criou uma hilária série fotográfica intitulada In Extremis (Corpos Sem Arrependimento), divulgada por meio do Instagram. O ensaio, de imagens meticulosamente produzidas e posadas, mostra pessoas estateladas no chão, sempre com um objeto nas mãos.

“Minhas fotos são histórias de um mundo em decadência. Cada imagem fala sobre personagens desgastados, como se um blecaute da mente e do corpo tivessem tomado conta delas, incapazes por conta da fatiga da representação diária da vida, oprimida pela ‘aparência’ em detrimento do simples ‘existir'”, explica o artista, em seu Facebook.

O ensaio foi inspirado por uma experiência pessoal do artista. Ele perdeu 30% do movimento da mão direita depois de cair da bicicleta, uma vez que não quis largar o objeto que segurava.

Veja fotos de Giordoan na galeria de fotos aqui em cima.

Sem mais artigos