Uma loja da Noruega foi forçada a pedir desculpas às famílias de seu país depois de sua decoração de Halloween causar pânico e revolta entre seus clientes. Os enfeites contavam com falsos membros humanos extremamente realistas, embalados em bandejas, como é feito com as peças de carne à venda. Segundo relatos, crianças choraram ao observar o cenário.

Os pais ficaram furiosos e horrorizados quando viram os mebros nos freezers de carne da loja. A empresa Europris, que é dona da loja, foi forçada a retirar as réplicas e pedir desculpas. 

“Nós não desejávamos causar nenhum transtorno, especialmente para as crianças e, por isso, estamos retirando toda a decoração”, disse Knut Spaeren, porta-voz da empresa, ao “Daily Mail”.

Apesar dos esforços, a medida não foi o suficiente para abafar a onda de protestos no Facebook e em outras mídias sociais. “Eu acho que é uma vergonha para nós termos uma tradição americana sendo violentamente nos empurrada goela abaixo”, disse a usuária do Facebook, Mona Urfjell. “Será que não temos violência o bastante neste país para loucos deste tipo ficarem trazendo essas porcarias para cá?”, disse Ivar Larsen, também na rede social.

No início deste mês, um homem colocou em frente a sua casa uma série de “corpos estripados”, na tentativa de reproduzir a famosa, e macabra, cena de o Massacre da Serra Elétrica (filme de 1974). Segundo relata o “Dailymail”, as imagens também chocaam as crianças.

 

Sem mais artigos