Uma mãe inovadora e dedicada garante que as refeições de seus filhos na escola nunca fiquem chatas transformando-as em verdadeiras obras de arte. A ex-contadora Grace Hall, de 32 anos, de Winchester, na Inglaterra, começou a usar a criatividade para preparar as lancheiras de seus filhos em um momento em que estava preocupada com a contínua falta de apetite do primogênito.

Este passatempo desde então se tornou um projeto de tempo integral para Grace, que já publicou mais de 300 criações de lanchinhos diferentes em seu blog, que é visitado por milhares de fãs fiéis à culinária saudável e divertida. Grace se inspirou nas bandeijinhas de estilo bentô do Japão, tradicionalmente preparadas com sushi, carnes e peixes e que, por vezes, também trazem personagens divertidos.

A mãe artista faz malabarismos incríveis para encantar seus filhos, transformando legumes e frutas em divertidas refeições apetitosas. Ela recorre a animações infantis para chamar a atenção dos meninos, de diferentes idades. Ela usa forminhas, moldes, enfeites e muita, mas muita, imaginação. Para Grace, as ideias vêm naturalmente, ao se lembrar de sua própria mãe usando frutas para fazer carinhas no pão caseiro, quando era criança.

Embora possa parecer que dá trabalho, ela diz que nunca gasta mais de 15 minutos criando os lanchinhos. “Fazer refeições em estilo bentô é uma forma de transformar uma tarefa diária em uma oportunidade de ser criativa”, assinala a mãe ao Daily Mail. “Meu filho mais velho nunca foi de comer muito, mas desde que comecei a fazer arranjos, o apetite dele aumentou: hoje em dia, é muito mais entusiasmado com os alimentos e come praticamente de tudo – exceto aipo”, admite.

Mas Grace avisa que refeições temáticas, baseadas em contos favoritos de seu filho ou datas, como o Dia Mundial do Livro ou Dia de São Jorge, requerem esforço criativo extra e a confecção pode demorar mais do que 15 minutos. Também, em seu blog, avisa que é preciso respeitar a idade da criança na hora de colocar os enfeites, para que não sejam engolidos acidentalmente.

Ela afirma que seus almoços artísticos também têm ajudado outras mães que tiveram problemas para fazerem seus filhos comerem alimentos saudáveis”. Suas decorações favoritas são de Angry Birds, além de bichinhos, como dinossauros e gatos. A pedidos de seus leitores, passou a fazer também lanches estritamente vegetarianos, com beterraba listrada e cenouras roxas.

Em vez de comprar ingredientes especiais, Grace apenas mantém uma boa variedade de frutas e legumes frescos em casa, ingredientes com que prepara a comida saudável ​​para seus filhos. Uma lista presa na porta da geladeira ajuda a garantir que cada refeição seja equilibrada, com pelo menos uma porção de cada grupo: vegetais, frutas, laticínios, carboidratos e proteínas.

Até o marido de Grace entrou na brincadeira, ajudando a fazer os lanches depois que seu segundo filho nasceu. “Ele teve ideias brilhantes com tema de fazenda. Adorei o fato de ter um estilo próprio, apesar de usar os mesmos materiais e acessórios que eu”, destaca.

Ela conta ainda que os coleguinhas na escola dos filhos adoram ver o que tem todo o dia nas lancheiras e acabam pedindo aos pais para fazerem igual. Com o sucesso do projeto, Graça, que é mãe em tempo integral, agora pensa em estudar Nutrição.

Sem mais artigos