Na sexta-feira (22), Sylvia Mojica deu uma arma de pressão e um canivete para seu filho de 12 anos. re pudesse se defender de valentões na escola. Ela está sendo processada por colocar a integridade de um menor em risco.

A mãe de 38 anos teria colocado a arma e a faca dentro da mochila do filho depois que ele reclamou do assédio que sofria de colegas de escola, disse a polícia de Hartfold, Connecticut.

O garoto foi suspenso por 10 dias e a escola primária Burns recomendou sua expulsão, segundo um comunicado da central de escolas de Hartford. Ele também foi direcionado para autoridades de repressão juvenil.

A acusação curiosamente aconteceu no mesmo dia em que o governo americano estabeleceu novos procediemntos à todas as escolas. Nessas novas diretrizes, as escolas passam a ter mais responsabillidade e obrigação de proteger os alunos, cooptando qualquer tipo de assédio.

Agora as instituições educacionais que permitirem bullying poderão ser enquadradas por violação de leis federais anti-discriminação.

Mãe é acusada por dar uma arma de pressão para o filho se defender

Sem mais artigos