Mais de cem pessoas ficaram intoxicadas depois de consumir LSD e outras drogas, e quatro ficaram levemente feridas por fogos de artifício em um festival de música eletrônica da cidade colombiana de Cartagena de Índias, informou nesta segunda-feira a secretária do Interior de Cartagena, María Elena Vélez.

Ela disse a jornalistas que nos pontos médicos de emergências “mais de cem pessoas foram atendidas pelo consumo de substâncias alucinógenas ou pela combinação de bebidas com comprimidos”.

SummerLand Cartagena 2014, o festival de música eletrônica mais importante da Colômbia, começou no domingo e terminou hoje, e teve a participação de grandes nomes nacionais e estrangeiros .

Vélez assinalou que no fechamento do evento houve quatro levemente feridos por conta de espetáculos pirotécnicos. E explicou que ao lado da parte central foram instalados dois sistemas que soltavam fogos de artifício e “um deles se desviou e se começou a queimar a estrutura, ferindo quatro pessoas com a queda de faíscas”.

Além disso, disse que um dos problemas mais graves com as pessoas que consumiram substâncias alucinógenas foi terem ficado violentas e precisarem ser controladas.

Em declarações a um meio local, Vélez detalhou que “as mesmas pessoas, no momento de comparecer aos pontos de atendimento porque já não agüentavam os efeitos do alucinógeno, disseram que tinham consumido LSD, vendido camuflado em caixas de chicletes e que os alteravam de tal modo que alguns precisaram ser amarrados”.

Sem mais artigos