Irene Bramwell deu trabalho para  a polícia de Chicago. Policiais foram atender uma chamada no dia 03/12 e encontraram uma janela quebrada, uma porta arrombada e Irene descontrolada no porão. O problema foi tanto que um policial acertou a própria mão com um Taser.

A mulher de 56 anos jogou cadeiras e lutou com policiais, deixando um deles ferido no braço. Eles responderam com um tiro de Taser, aquela arma que dispara uma descarga elétrica que deveria imobilizar o suspeito, mas Irene continuou lutando.

Quando o policial tentou recarregar o Taser para atirar novamente, acabou sendo atingido por Irene e errou a mira, acertando o choque no próprio dedo.

Epic win para a velha maluca, mesmo que ela tenha sido presa por agressão qualificada e invasão criminosa. Agora ela vai ter que descolar US$ 40 mil para pagar a fiança se não quiser ficar encarcerada.

Maluca faz policial atirar Taser na própria mão

Sem mais artigos